[ editar artigo]

A linha de chegada de cada um

A linha de chegada de cada um

O Ironman me emociona. Em 2018, li um texto do Guilherme Manocchio que me fez refletir bastante. (confira aqui)

O texto chamava “A volta por cima“, O Gui contou o que o Ironman Florianópolis 2018 iria representar para ele e tudo o que passou para estar largando a prova.

O que me fez refletir é: e os outros mais de mil atletas? Quais são as histórias? O que cada atleta passou para estar lá, , largando uma prova de Ironman, que são 3.800m de natação, 180km de ciclismo e 42km de corrida.

Eu queria poder conversar com cada um, saber a história, como foi o percurso até ali, os motivos de estar ali e os objetivos para a prova.

Eu que já fiz 7 ironmans, em cada um tive uma história. E se eu fizer mais 7, mais 14 ou mais 500…. vou ter mais 500 histórias para contar. (exageros a parte!)

Só escrevo para encorajar os atletas que irão largar a prova a viver o seu momento. Independente do seu objetivo, do seu tempo e do seu pace, você vai ter a SUA história para contar, VIVA ela! Isso não se restringe apenas em ironman, mas em provas de triathlon, corrida de rua, maratonas, qualquer coisa que te desafie!

Se o plano A não der certo, tem o B, C, D, E……..X, Z.

A linha de chegada te espera com toda a bagagem que você acumulou até aqui. Faça por merecer, as horas de treinos, as abdicações, as dificuldades…..todos os momentos, bons e ruins, vão fazer você chegar até lá.

E o mais importante, DIVIRTA-SE, CURTA A PROVA, CURTA ESSE SEU MOMENTO. SÓ SEU! 

BOA PROVA! 

Ler conteúdo completo
Indicados para você