[ editar artigo]

Idosos e o esporte: a importância dos exercícios na terceira idade

Idosos e o esporte: a importância dos exercícios na terceira idade

Quando o corpo chega a uma certa idade, suas células vão se degenerando e ele vai perdendo parte das funções, inclusive motoras. Ao praticar esportes, parte desse processo é revertido. Melhorando a qualidade de vida, ainda mais agora em tempos de pandemia do novo Coronavírus. Vale lembrar que os exercícios podem ser feitos em casa, mas sempre com a indicação de um profissional.

Além dos benefícios físicos, os esportes para idosos têm ainda um efeito psicológico positivo. Como libera serotonina, um neurotransmissor responsável pela sensação de felicidade e bem estar, o exercício físico ajuda a combater a depressão. Feitos em grupo, os esportes também ajudam a manter as habilidades sociais de pessoas de mais idade que normalmente são mais solitárias.

Agora veja exemplos de atividades físicas mais recomendadas para os idosos:

· Caminhadas: Com caminhadas diárias, o idoso previne ataques e problemas do coração, controla a pressão arterial e reduz os níveis de colesterol. Além de tonificar os músculos e fortalecer os ossos

· Atividades na água: As atividades aquáticas, como natação e hidroginástica, permitem a realização de movimentos sem impactar articulações e tendões. A hidroginástica é bastante popular por ser uma atividade segura.

· Alongamento: exercícios de alongamento, por serem mais fáceis de realizar e de fácil aprendizagem, tornam-se uma opção simples e eficaz na melhora da capacidade funcional e qualidade de vida de idosos.

Dicas para iniciantes: Para que a prática de atividade física impacte de forma positiva na qualidade de vida do idoso é essencial o acompanhamento de um médico ou profissional da área. Portanto, antes de iniciar o treinamento, os praticantes devem ser avaliados e receber orientações individuais quanto ao tipo, intensidade, frequência e duração dos exercícios.

 

Ler conteúdo completo
Indicados para você